Dólar Hoje Euro Hoje
segunda-feira, 15 julho, 2024
Início » Castro X chuvas: O duelo pela recuperação bilionária das cidades afetadas

Castro X chuvas: O duelo pela recuperação bilionária das cidades afetadas

Por Alexandre G.

O governador Cláudio Castro se encontrou, na última quinta-feira (1), com o ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, em Brasília, buscando a aprovação de obras de recuperação para cidades fluminenses atingidas por chuvas recentes. O foco do encontro foi agilizar a aprovação dos planos de trabalho e liberar recursos para intervenções emergenciais, especialmente voltadas à contenção de encostas. Essa iniciativa integra as frentes de trabalho já cadastradas pelo Governo do Estado no novo PAC – Programa de Aceleração do Crescimento, do governo federal, visando a prevenção de desastres naturais.

A reunião, que contou com a presença dos secretários de Estado Bernardo Rossi (Governo) e Adilson Faria (Planejamento e Gestão), além do chefe de gabinete da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, Wesley Felinto, teve como objetivo dialogar e trabalhar em prol da segurança da população, priorizando a recuperação das áreas impactadas pelas chuvas e a prevenção de danos futuros causados por eventos climáticos.

Na quarta-feira (30), governador Cláudio Castro também discutiu com o ministro das Cidades, Jader Filho, sobre a inclusão de ações no Novo PAC, incluindo o controle de inundações e a recuperação ambiental das bacias do Rio Iguaçu-Botas e do Rio Sarapuí, na Baixada Fluminense. Este projeto, considerado vital e urgente para a região, recebeu sinalização positiva da Casa Civil da Presidência da República na mesma semana.

O governo estadual cadastrou um total de 213 projetos no Novo PAC, sendo 84 destinados à prevenção de desastres naturais, totalizando R$ 6,9 bilhões em investimentos. Esse cadastro foi concluído em novembro de 2023.

Enfatizando a prioridade na prevenção de desastres, o Governo do Estado está investindo, por meio do PactoRJ, R$4,3 bilhões em obras de infraestrutura alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, sendo R$ 3,8 bilhões provenientes desses objetivos e R$ 550 milhões destinados às ações do Limpa Rio. Nos últimos três anos, foram realizadas 2 mil intervenções, incluindo drenagem, dragagem, pavimentação asfáltica, contenção de encostas, e obras de micro e macrodrenagem pluvial.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.