Dólar Hoje Euro Hoje
quinta-feira, 25 julho, 2024
Início » Arquidiocese de Juiz de Fora comemora um século de história e devoção

Arquidiocese de Juiz de Fora comemora um século de história e devoção

Por Marina B.


Sob a liderança de Dom Silvério Gomes, à época arcebispo de Mariana (MG), a Arquidiocese de Juiz de Fora (MG) celebra 100 anos de uma rica trajetória. Em comemoração ao centenário, teve início, nesta quinta-feira, 1º, um tríduo preparatório para a grande festa que ocorrerá no domingo, 4.

A historiadora Helaine de Freitas Gomes destaca a relevância do centenário na história da cidade, afirmando: “Não é possível falar de Juiz de Fora sem mencionar sua Igreja e seu padroeiro Santo Antônio. Ao longo desses 100 anos, nossa Igreja esteve sempre atuante, com uma história repleta de fé.”

A diocese de Juiz de Fora foi criada em 1924 pela bula “Ad Sacrosancti Apostolatus Officium”, abrangendo uma extensão territorial de aproximadamente 64 mil quilômetros e uma população de cerca de 376 mil habitantes. O jubileu foi precedido por um ano preparatório iniciado em fevereiro de 2023, inaugurado pessoalmente pelo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diaquatro. Durante sua visita, o Núncio explorou o arquivo histórico da arquidiocese e discutiu o trabalho de preservação com a historiadora Helaine.

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, destaca a importância de “celebrar este primeiro centenário como uma oportunidade para se alimentar dos exemplos daqueles que fizeram parte desta trajetória e, com a Palavra de Deus, começar o segundo centenário cheios de amor e trabalhando pela causa do Evangelho.”

A secretária do Centro Arquidiocesano de Pastoral e jornalista Ana Maria Roberto compartilha sua ligação pessoal com a diocese, destacando a transformação em sua vida ao se aproximar da Igreja Católica em Juiz de Fora.

Para marcar o centenário, um tríduo preparatório teve início nesta quinta-feira e continuará até sábado, 3. As 91 paróquias da arquidiocese terão programações especiais, conforme explicado por Dom Gil. O tríduo inclui eventos dedicados à Eucaristia, à misericórdia e à celebração especial para os pobres de rua, evidenciando a abrangência das atividades planejadas para marcar esse momento significativo na história da arquidiocese.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.