Dólar Hoje Euro Hoje
quinta-feira, 25 julho, 2024
Início » Novo presidente do IBGE quer reformular divulgação de dados – Censura e manipulação à vista?

Novo presidente do IBGE quer reformular divulgação de dados – Censura e manipulação à vista?

Por Alexandre G.

Após envolver-se em controvérsias durante sua nomeação em agosto, o presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Marcio Pochmann, está considerando alterar o modelo de divulgação de pesquisas da instituição.

A possibilidade de mudança foi mencionada durante a cerimônia de posse do novo coordenador geral do Centro de Documentação e Disseminação de Informações (CDDI) do IBGE, Daniel Castro, gerando questionamentos entre funcionários e técnicos em grupos de WhatsApp, sobre possíveis interferências na independência da instituição.

Essa mesma preocupação já havia sido manifestada na época da nomeação de Pochmann para a presidência do instituto, causando desconforto à ministra do Planejamento, Simone Tebet.

Pochmann, conhecido por suas inclinações desenvolvimentistas e heterodoxas, foi apelidado por alguns de “terraplanista econômico”. Durante seu período como presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) entre 2009 e 2012, enfrentou críticas devido a suspeitas de interferência na equipe técnica em prol dos índices econômicos do governo petista.

Na apresentação, Pochmann mencionou seu desejo de encerrar o atual método de divulgação por meio de entrevistas coletivas com técnicos do instituto, onde dados de pesquisas como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), o cálculo da inflação e as estimativas do Produto Interno Bruto (PIB), são compartilhados e contextualizados na mídia nacional e internacional.

Pochmann afirmou: “A comunicação do passado era aquela em que o IBGE produzia as informações e dados, realizava uma coletiva e transferia a responsabilidade para o grande público por meio dos meios de comunicação tradicionais. Isso ficou para trás”, sem fornecer detalhes sobre o novo formato proposto.

O presidente do IBGE e Daniel Castro, indicaram que priorizarão plataformas e redes sociais, apesar de tais canais já serem amplamente utilizados na divulgação de dados.

Pochmann destacou ainda o “diálogo” com o presidente do Instituto Nacional de Estatística da China durante sua visita ao país em setembro, um mês após assumir a presidência do IBGE. Em agosto, a China suspendeu a divulgação das estatísticas do desemprego juvenil, temendo repercussões na economia.

Além disso, Pochmann anunciou a unificação da diretoria de comunicação com a do CDDI, buscando atender à “revolução informacional” global. A mudança implicará na alteração do estatuto da instituição. Há receios de que, além de modificar o modelo de comunicação de dados, o novo coordenador possa selecionar as informações a serem divulgadas, repetindo a parceria vivida na gestão do Ipea.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.