Dólar Hoje Euro Hoje
quinta-feira, 25 julho, 2024
Início » Homem é preso por morte de lutador de MMA; PM diz que ele confessou e deu detalhes do assassinato

Homem é preso por morte de lutador de MMA; PM diz que ele confessou e deu detalhes do assassinato

Por Alexandre G.

Uma operação está em curso no Morro do Banco, no Itanhangá, Zona Oeste do Rio, com o objetivo de localizar os responsáveis pela morte de Diego Braga Nunes, 44 anos, que havia ido à favela recuperar sua moto furtada. ‌

Na manhã desta terça-feira (16), um homem foi preso por envolvimento no assassinato de Diego Braga Nunes, lutador de MMA de 44 anos, cujo corpo foi encontrado na segunda-feira (15) após tentar recuperar sua moto roubada. A Polícia Militar identificou Tauã da Silva, conhecido como 2B, de 18 anos, como o suspeito, que confessou sua participação no crime.

Segundo a versão apresentada por Tauã à PM, Diego foi ao Morro do Banco, no Itanhangá, para resolver a questão da entrega da moto, quando “ao verificarem seu telefone, perceberam que ele tinha contatos de milicianos de Rio das Pedras e da Muzema”. Tauã relata que “o lutador tentou fugir, mas foi capturado e morto”. 2B também confirmou fazer parte do tráfico de drogas e que seus comparsas deixaram a favela após o assassinato de Diego.

A PM informou que Tauã, com passagens pela polícia, foi encontrado em casa, onde também foram encontradas drogas. Ele foi encaminhado para a 16ª DP (Barra da Tijuca), e a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), responsável pela investigação, já foi notificada sobre a prisão.

Uma operação está em andamento no Morro do Banco, no Itanhangá, pela manhã, em busca dos responsáveis pela morte de Diego. O Disque Denúncia divulgou um cartaz pedindo ajuda para identificar os criminosos.

Encontrado morto na rua ‌

Diego foi encontrado morto após tentar recuperar sua moto roubada. A principal suspeita da polícia é que ele tenha sido confundido com um miliciano pelos traficantes.

A moto de Diego Braga foi furtada na madrugada de segunda por dois homens em sua casa, na Muzema. Ao obter imagens de uma câmera de segurança, o lutador iniciou a busca pelo veículo.

Ele primeiro foi à comunidade da Tijuquinha e depois ao Morro do Banco, onde teria sido feito refém pelos traficantes. Desde então, familiares e amigos não tiveram mais contato com o lutador.

Diego Braga foi um lutador profissional de muay thai e MMA. Sua carreira no MMA começou em 2003, enfrentando nomes como Charles do Bronx, Miltinho Vieira, Adriano Martins e Iliarde Santos, todos com passagens pelo UFC. Ele encerrou sua carreira em 2019, aposentando-se com 23 vitórias, oito derrotas e um empate.

Desde então, Diego dedicava-se à carreira de professor de artes marciais e treinador. Em 2023, seu filho Gabriel Braga chegou à final do torneio peso-pena da PFL.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.