Dólar Hoje Euro Hoje
segunda-feira, 15 julho, 2024
Início » Guerra contra a Sextorsão: Nova ferramenta disponível para proteger a intimidade dos menores

Guerra contra a Sextorsão: Nova ferramenta disponível para proteger a intimidade dos menores

Por Alexandre G.

Nesta terça-feira (6), a plataforma Take It Down, que conta com parcerias da Meta e do TikTok, foi lançada em português. Essa plataforma possibilita que pais, responsáveis, adolescentes e adultos solicitem a remoção ou busquem prevenir a divulgação de imagens íntimas de pessoas com menos de 18 anos.

A principal missão da Take It Down é enfrentar situações de divulgação indevida, pornografia de vingança ou sextorsão, conhecida em português como extorsão sexual — ato de extorquir alguém ameaçando divulgar conteúdo íntimo, como nudes ou vídeos de sexo, que podem ser enquadrados nos artigos 216-B e 218-C do Código Penal brasileiro.

Além disso, a plataforma também é destinada a adultos que tiveram imagens sexuais registradas quando eram menores de 18 anos. Para aqueles que foram vítimas de sextorsão, pornografia de vingança ou situações semelhantes com imagens registradas após os 18 anos, é recomendado usar a plataforma StopNCII — que serviu de inspiração para a criação da Take It Down. Naturalmente, a existência desses serviços não substitui a necessidade de denunciar à polícia.

Segundo informações disponíveis no site da Take It Down, ao selecionar uma foto ou vídeo a ser removido, o sistema gera um identificador, uma espécie de impressão digital capaz de reconhecer cópias exatas da imagem ou vídeo. Essa identificação permite que as empresas participantes do projeto saibam quando esse conteúdo for carregado em suas plataformas.

A Take It Down assegura que as fotos e vídeos selecionados não são armazenados ou enviados, permanecendo no dispositivo do usuário. A função da ferramenta é registrar uma “impressão digital” do conteúdo, compartilhada com as empresas parceiras (além da Meta e TikTok, incluindo PornHub, Snapchat, OnlyFans, Clips4Sale, RedGifs e Yubo). Elas podem então realizar verificações para localizar as imagens e removê-las de suas plataformas.

Embora a proposta da plataforma seja positiva, é importante que as empresas parceiras também apoiem serviços que combatam a divulgação de pornografia criada com o uso de deepfake, que pode se tornar a principal fonte de conteúdo íntimo para sextorsão e pornografia de vingança.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.