Dólar Hoje Euro Hoje
segunda-feira, 15 julho, 2024
Início » Religiosas sequestradas no Haiti são libertadas após agonia de dias

Religiosas sequestradas no Haiti são libertadas após agonia de dias

Por Marina B.


As religiosas que tinham sido vítimas de sequestro no Haiti foram libertadas. A confirmação veio do arcebispo de Porto Príncipe e presidente da Conferência Episcopal Haitiana, Dom Max Leroys Mesidor, que anunciou a soltura delas e das outras duas pessoas sequestradas na última sexta-feira, 19.

Na ocasião, o grupo estava em um micro-ônibus quando foi capturado por homens armados durante o dia, em Porto Príncipe, a capital do Haiti. O incidente gerou manifestações pedindo pela libertação dos sequestrados.

Ao relatar o ocorrido, o bispo de Anse-à-Veau-Miragoâne e vice-presidente da Conferência Episcopal Haitiana, Dom Pierre-André Dumas, condenou com veemência esse “ato odioso e bárbaro”. Ele instou o povo haitiano a orar pela libertação do grupo, expressando disposição para “ser tomado como refém no lugar deles”.

No domingo, 21, o Papa Francisco, após a oração do Angelus, mencionou o incidente no país centro-americano, assegurando suas orações pela harmonia social no Haiti e convocando todos a “pôr fim à violência que tanto sofrimento causa àquela querida população”.

Por fim, na segunda-feira, 22, a Conferência Episcopal Haitiana e a Conferência dos Religiosos do Haiti convocaram a população para um dia de oração pelos sequestrados, agendado para quarta-feira, 24. Após preces e atos de fé realizados nas igrejas em todo o país, o grupo foi libertado seis dias após o sequestro.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.