Dólar Hoje Euro Hoje
quarta-feira, 24 julho, 2024
Início » Escândalo em Londres: Polícia humilha cantora cristã e tenta silenciar sua fé na Oxford Street

Escândalo em Londres: Polícia humilha cantora cristã e tenta silenciar sua fé na Oxford Street

Por Marina B.

A Polícia Metropolitana emitiu um pedido de desculpas após um incidente em que uma cantora cristã foi erroneamente informada de que não poderia apresentar músicas religiosas na Oxford Street, em Londres. Harmonie London, uma conhecida YouTuber com mais de 300.000 assinantes, foi abordada pela policial voluntária Maya Hadzhipetkova depois de cantar “Amazing Grace”, de John Newton, e “Goodness of God”, do Bethel.

Segundo relatos, aos 20 anos, a cantora afirmou que a oficial ameaçou confiscar seu equipamento se ela não cessasse a apresentação. Em um encontro registrado em vídeo, a Sra. Hadzhipetkova declarou à cantora que “não era permitido entoar músicas religiosas fora dos limites da igreja”. Diante do desafio de London, a oficial fez gestos para a câmera. A polícia está atualmente investigando o incidente, conforme relatado pelo Christian Today. A Polícia Metropolitana emitiu um comunicado de desculpas, esclarecendo que a oficial “estava equivocada ao afirmar que músicas religiosas não podem ser cantadas fora dos limites da igreja”. Afirmaram ainda que a abordagem ocorreu devido à atividade de “música de rua”.

“Pedimos desculpas pela ofensa causada e estamos comprometidos em aprender com este incidente. Há um regulamento específico relacionado à música de rua envolvido aqui. A oficial reconhece que poderia ter lidado com a situação de maneira diferente e está em discussão com sua supervisão”, declarou a Polícia Metropolitana. Por sua vez, London afirmou que estava “compartilhando o Evangelho”, e não se tratava de música de rua. O vídeo do incidente, postado no YouTube, já foi visualizado mais de 50.000 vezes. A ex-ministra conservadora Ann Widdecombe exigiu que a oficial seja “retirada do serviço voluntário”.

“Ela interpretou totalmente erroneamente a lei e pareceu estar se divertindo demais, tentando exercer autoridade sobre essa mulher. Não há absolutamente nenhuma base para proibir o canto. Eu poderia andar pela rua entoando ‘Onward Christian Soldiers’ sem infringir qualquer lei”, concluiu Widdecombe.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.