Dólar Hoje Euro Hoje
quarta-feira, 24 julho, 2024
Início » Produção de veículos no Brasil despencou em 2023, enquanto China domina importações com crescimento exponencial

Produção de veículos no Brasil despencou em 2023, enquanto China domina importações com crescimento exponencial

Por Alexandre G.

O Brasil fechou o ano de 2023 com uma redução de 1,9% na produção de veículos, conforme dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), representante das montadoras. O total fabricado atingiu 2,35 milhões de unidades, em comparação com 2,37 milhões em 2022. Esse número engloba a fabricação de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Quanto às importações de veículos no Brasil, o ano de 2023 registrou um total de 351,9 mil unidades, representando um aumento de 29% em relação a 2022, quando foram importadas 273,4 mil unidades, conforme relatório da Anfavea. A Argentina manteve-se como o principal fornecedor de veículos ao Brasil, com 219,9 mil unidades, marcando um crescimento de 11% em comparação com 2022. Contudo, o destaque nas importações foi o notável crescimento proveniente da China.

O país asiático exportou 41.966 unidades para o Brasil, incluindo carros a combustão, elétricos e híbridos, representando um aumento significativo de 431% em relação a 2022. Esse incremento elevou a participação chinesa no mercado de importados no Brasil para 12%, enquanto no ano anterior era de 3%, com 7,9 mil unidades. O México ficou em terceiro lugar, vendendo 31 mil veículos ao Brasil, indicando um aumento de 83% em comparação com o ano anterior.

Márcio de Lima Leite, presidente da Anfavea, comentou sobre as mudanças no mercado: “Perdemos produção com a redução das exportações e aumento das importações. O mercado passa por um ajuste quando se fala em novas tecnologias. Isso é natural.”

Em relação às exportações, o México superou a Argentina como o principal destino dos veículos brasileiros. Foram exportadas 135,7 mil unidades para o México, representando um aumento de 51% em relação a 2022. Para a Argentina, as vendas totalizaram 114,5 mil veículos, marcando uma queda de 16% em comparação com 2022. No geral, o Brasil exportou 367,3 mil veículos no ano passado, indicando uma redução de 13%.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.