Dólar Hoje Euro Hoje
quinta-feira, 25 julho, 2024
Início » Vazamento de áudio expõe coação de servidores a prestigiarem evento de Lula em Belford Roxo

Vazamento de áudio expõe coação de servidores a prestigiarem evento de Lula em Belford Roxo

Por Alexandre G.

O áudio de uma reunião entre funcionários da prefeitura de Belford Roxo, Rio de Janeiro, revela que o prefeito Waguinho, esposo da ex-ministra do Turismo Daniela Carneiro, exigiu a presença dos servidores no evento de Lula ocorrido na terça-feira (6/2) na Baixada Fluminense. Durante a reunião, que aconteceu na Escola Municipal Ernesto Pinheiro Barcellos em 1º de fevereiro, diretores deram instruções detalhadas sobre o evento e deixaram claro que, apesar do ponto facultativo decretado pelo prefeito, a presença dos funcionários era obrigatória no comício.

Foram dadas orientações específicas para que os funcionários usassem bonés em apoio a Lula e para os momentos em que o presidente deveria ser aplaudido entusiasticamente. O áudio também revelou que a prefeitura providenciaria um ônibus para transportar os servidores da escola até o evento, além de oferecer café da manhã, almoço, água e lanche durante o dia.

Outra pessoa responsável pelas instruções mencionou que o prefeito Waguinho solicitou que os servidores usassem bonés, camisetas e faixas em apoio ao presidente Lula. Além disso, destacou-se a importância da presença de todos os funcionários no evento, enfatizando que terça-feira não era um dia livre, apesar do ponto facultativo decretado pelo prefeito.

O ponto facultativo foi decretado pelo prefeito devido à visita de Lula a Belford Roxo, citando o “movimento de veículos” esperado devido à comitiva presidencial. As lideranças da Escola Municipal Ernesto Pinheiro Barcellos, também afirmaram que os ônibus fretados estariam circulando na cidade no dia do evento e também levariam servidores da área da Saúde ao comício.

Além do áudio, a coluna recebeu capturas de tela do grupo da creche municipal Tia Irene, em Belford Roxo, onde a diretora da unidade enviou instruções aos funcionários sobre o horário e local de encontro para o embarque no ônibus, que os levaria ao evento de Lula. Alguns servidores relataram à coluna que foram obrigados a usar os ônibus contratados pela prefeitura, sem ter a opção de ir por conta própria.

Lula visitou Belford Roxo na terça-feira, para inaugurar uma escola municipal em homenagem ao seu falecido neto, Arthur Araújo Lula da Silva, além de participar do início das obras da nova sede do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) e de um hospital oncológico na cidade.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.