Dólar Hoje Euro Hoje
segunda-feira, 15 julho, 2024
Início » Escândalo no STF! Valdemar Costa Neto Acusa Ministro de Parcialidade Extrema

Escândalo no STF! Valdemar Costa Neto Acusa Ministro de Parcialidade Extrema

Por Alexandre G.

Valdemar Costa Neto, presidente nacional do Partido Liberal (PL), expressou sua visão sobre o papel do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes na tentativa golpista de 8 de Janeiro, afirmando que Moraes se posicionou como uma das vítimas do ocorrido, o que, segundo o político, o impediria de julgar as questões relacionadas ao evento.

No aniversário de um ano da invasão às sedes dos Três Poderes, Valdemar compartilhou suas reflexões nas redes sociais intituladas: “O que penso sobre 8 de janeiro de 2023?”. Na publicação, o político argumenta que Moraes deixou de exercer sua função de juiz ao “revelar” que estava envolvido em uma “conspiração”. Segundo ele, ao se tornar parte do processo, o magistrado estaria impedido, conforme a Constituição Federal, de julgar o caso.

Em entrevista ao jornal “O Globo”, Moraes relatou ter conhecimento de pelo menos três planos para prendê-lo em 8 de Janeiro, incluindo um que, segundo suas afirmações, planejava enforcá-lo na Praça dos Três Poderes em Brasília.

O presidente do PL questionou se um ministro que se apresenta como vítima estaria buscando proteção ou talvez se promovendo ao participar desse julgamento. Ele ponderou sobre a afirmação do ministro de que os manifestantes, munidos de pedaços de pau, tinham a intenção de realizar um golpe.

“O dia 8/01/2023 nos revelou muita coisa, principalmente que um ministro que se assume como vítima deveria se afastar de casos assim e se defender, mas, em hipótese alguma, deveria julgar”, concluiu Valdemar Costa Neto.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.