Dólar Hoje Euro Hoje
sábado, 13 julho, 2024
Início » Reviravolta política: DeSantis desiste da corrida presidencial e declara apoio inesperado a Trump

Reviravolta política: DeSantis desiste da corrida presidencial e declara apoio inesperado a Trump

Por Alexandre G.

Neste domingo (21), o governador da Flórida, Ron DeSantis, retirou sua candidatura à presidência dos Estados Unidos, optando por apoiar o ex-presidente Donald Trump na corrida pelo Partido Republicano.

A decisão foi motivada pela derrota nas primárias do partido, ocorrida no estado de Iowa na última segunda-feira (15). Apesar de alcançar a segunda posição, DeSantis ainda ficou 30 pontos percentuais atrás do ex-presidente.

Após sua tranquila reeleição como governador da Flórida em 2022, DeSantis era amplamente considerado como o candidato mais forte dentro do partido para enfrentar Trump nas primárias republicanas.

“Se houvesse algo que eu pudesse fazer para alcançar um resultado positivo, mais paradas de campanha, mais entrevistas, eu faria. No entanto, não posso solicitar que nossos apoiadores dediquem seu tempo e recursos sem um caminho claro para a vitória. Portanto, estou suspendendo minha campanha”, declarou DeSantis em um vídeo publicado na plataforma X (antigo Twitter).

“Está evidente para mim que a maioria dos eleitores republicanos nas primárias deseja dar a Donald Trump outra oportunidade. Eles testemunharam sua presidência enfrentar uma resistência incansável, e veem os democratas continuarem a usar táticas jurídicas para atacá-lo. Embora tenha discordâncias com Trump, como na gestão da pandemia e seu destaque a Anthony Fauci, Trump é superior ao atual presidente, Joe Biden.”

Em entrevista à Fox News, Trump expressou estar “muito honrado” com o apoio de seu ex-rival. “Estou ansioso para trabalhar com ele para derrotar Joe Biden, o pior e mais corrupto presidente da história do nosso país.”

No vídeo de retirada, DeSantis também mencionou outra concorrente nas primárias republicanas, a ex-embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley.

“Assinei um compromisso de apoiar o candidato republicano e o honrarei. Ele tem meu apoio, pois não podemos retornar à velha guarda republicana representada por Nikki Haley, um reaquecimento do corporativismo do passado.”

Com a desistência, Haley emerge como a principal adversária de Trump dentro do Partido Republicano, recebendo a notícia durante um evento de campanha em New Hampshire.

“Quero agradecer a Ron por sua excelente campanha. Ele foi um bom governador, e desejamos a ele o melhor. Agora, somos os últimos candidatos em pé”, declarou a pré-candidata aos seus apoiadores.

Ron DeSantis, aos 45 anos, dedicou a maior parte de sua carreira ao serviço público e ao governo. Durante seus estudos na Faculdade de Direito de Harvard, foi comissionado como oficial da Marinha. Antes de ser eleito para a Câmara dos Representantes dos EUA pelo estado da Flórida em 2012, trabalhou brevemente como procurador assistente. Embora fosse pouco conhecido na política da Flórida quando concorreu ao governo em 2018, DeSantis recebeu apoio do então presidente Trump, vencendo a eleição por uma margem estreita. Desde então, o ex-presidente reivindicou crédito por sua vitória, enquanto acusava DeSantis de deslealdade por desafiá-lo na indicação presidencial. Na eleição de 2022, DeSantis foi reeleito com uma diferença de quase 20 pontos percentuais.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.