Dólar Hoje Euro Hoje
segunda-feira, 15 julho, 2024
Início » Horror em Istambul: Ataque em missa dominical deixa uma vítima fatal em Igreja Católica

Horror em Istambul: Ataque em missa dominical deixa uma vítima fatal em Igreja Católica

Por Marina B.

Dois agressores mascarados perpetraram um ataque a uma igreja católica romana em Istambul durante uma missa de domingo, resultando na morte de uma pessoa, conforme relatado pelas autoridades turcas.

O Ministro do Interior, Ali Yerlikaya, divulgou um comunicado na plataforma X, informando que os agressores armados atacaram a Igreja Santa Maria, localizada no distrito de Sariyer, por volta das 11h40. O comunicado não especificou o tipo de armas utilizadas ou se houve feridos durante o incidente.

Embora as autoridades turcas não tenham formalmente identificado a vítima, a mídia local mencionou que a pessoa falecida possuía as iniciais C.T. e tinha 52 anos de idade. Horas mais tarde, Yerlikaya anunciou a prisão de dois homens, descritos como membros do movimento extremista Estado Islâmico, como suspeitos do ataque. O Ministro informou que um dos suspeitos era do Tajiquistão, enquanto o outro era da Rússia, durante uma coletiva de imprensa realizada pouco depois da meia-noite.

Durante a investigação do ataque, a polícia realizou buscas em 30 locais e deteve um total de 47 pessoas, conforme revelado por Yerlikaya.

O Ministro enfatizou a determinação do país em não tolerar aqueles que buscam perturbar a paz, incluindo terroristas, seus colaboradores, grupos criminosos nacionais e internacionais, e aqueles que visam a unidade e solidariedade da nação.

Um vídeo curto circulando nas redes sociais aparentemente registra o momento do ataque, mostrando dois homens mascarados entrando na igreja, abrindo fogo e forçando todos presentes a se abaixarem, antes de fugirem.

As autoridades turcas impuseram uma proibição de mídia na cobertura do ataque. Sukru Genc, prefeito do distrito de Sariyer onde ocorreu o incidente, relatou que os agressores fugiram quando a arma deles travou após disparar dois tiros. Genc também mencionou que entre os presentes estava o Cônsul Geral da Polônia, Witold Lesniak, e sua família, que não sofreram ferimentos.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, telefonou para Lesniak e para o padre da Santa Maria, o reverendo Anton Bulai, para expressar suas condolências. O prefeito de Istambul, Ekrem Imamoglu, ofereceu condolências e apoio às minorias religiosas na cidade, predominantemente muçulmana.

O Papa Francisco abordou o ataque em suas observações na Praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano, expressando sua solidariedade à comunidade da igreja em Istambul que foi alvo do ataque armado durante a missa de domingo. A igreja é administrada por uma ordem italiana de frades franciscanos. O Ministro das Relações Exteriores italiano, Antonio Tajani, afirmou que seu ministério estava acompanhando a situação em colaboração com a Embaixada Italiana em Ancara, capital da Turquia, e o consulado em Istambul.

Tajani, em um tuíte, expressou condolências e condenação ao ataque à Igreja Santa Maria, expressando confiança de que as autoridades turcas responsabilizariam os culpados. Uma versão anterior deste relato foi corrigida para refletir que o nome correto da igreja é Igreja Santa Maria, não Igreja Santa Maria Draperis.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.