Dólar Hoje Euro Hoje
quarta-feira, 24 julho, 2024
Início » A legado histórico de Franz Beckenbauer

A legado histórico de Franz Beckenbauer

Por Alexandre G.

Franz Beckenbauer, ícone do futebol alemão, tanto como jogador quanto treinador, deixou uma marca indelével na história da seleção alemã e do Bayern de Munique.

Aos 78 anos, Beckenbauer faleceu na noite de domingo, 07, conforme anunciado pela família em um comunicado divulgado pela imprensa alemã. A causa da morte não foi especificada, mencionando apenas que o ex-jogador e técnico faleceu enquanto dormia.

O Kaiser, como era conhecido, enfrentava desafios de saúde nos últimos anos, incluindo problemas cardíacos, demência associada à doença de Parkinson e um infarto ocular, além do impacto emocional da perda de seu filho Stephan em 2015 e as acusações de corrupção no processo de seleção da Copa do Mundo de 2006.

Beckenbauer foi um dos maiores ídolos do futebol alemão, alcançando o ápice ao conquistar a Copa do Mundo de 1974 e a Eurocopa dois anos antes, como jogador. No Bayern de Munique, sua história foi grandiosa, colecionando títulos em seus 13 anos de dedicação ao clube.

Sua contribuição estendeu-se para além das quatro linhas, entrando para a história das Copas do Mundo também como treinador, ao conquistar o Mundial de 1990, algo alcançado por poucos no mundo do futebol.

Os feitos de Beckenbauer como jogador incluem 19 títulos, entre eles uma Copa do Mundo, uma Eurocopa, três Ligas dos Campeões, cinco Campeonatos Alemães e outros títulos relevantes, enquanto como treinador, colecionou quatro títulos notáveis.

Nascido em Munique em 1945, Beckenbauer mostrou desde cedo sua paixão pelo futebol, iniciando sua jornada no SC Munique 06 e consolidando sua carreira no Bayern de Munique, onde revolucionou a posição de líbero e foi fundamental para o sucesso do clube.

Sua trajetória na seleção alemã começou em 1965, culminando na conquista da Copa do Mundo de 1974, após experiências marcantes em competições anteriores, como a Eurocopa de 1972 e a Copa do Mundo de 1970, onde mesmo com uma clavícula quebrada, demonstrou sua dedicação.

Após anos gloriosos no Bayern, Beckenbauer encerrou sua carreira nos Estados Unidos, no New York Cosmos, onde conquistou mais títulos. Sua incursão como técnico começou em 1984, guiando a Alemanha para a final da Copa do Mundo de 1986 e finalmente alcançando a glória em 1990.

No entanto, sua trajetória teve seus momentos controversos, especialmente relacionados à Copa do Mundo de 2006, envolvendo acusações de fraude e lavagem de dinheiro na seleção da sede do torneio. Apesar das acusações, Beckenbauer sempre negou a compra de votos para a Alemanha sediar o evento.

Sua vida e carreira são uma peça fundamental na história do futebol, deixando um legado inegável no esporte, tanto dentro quanto fora de campo.

Você pode se Interessar

Deixe um Comentário

Sobre nós

Somos uma empresa de mídia. Prometemos contar a você o que há de novo nas partes importantes da vida moderna

@2024 – Todos os Direitos Reservados.